Feeds:
Posts
Comentários

Acordei numa mistura de beija flor.

O coracao, muitas vezes, bate apenas pra manter o fluxo natural das coisas… mas quando resolve bater de maneira diversa, parece que nao bate o suficiente pra dar conta, apesar de bater incontáveis vezes… Seria quase um beija flor, ou talvez, quem sabe, um sagui. O coracao grande bate pouco, porém da conta do recado… Já o pequeno, bate milhoes de vezes mais, pra ver se dá conta do recado. Logo, ter um coracao grande, ou ter um coracao pequeno?

Corridinho

É coruja, cachorro do mato, sagui, camundongo, coelho, azulao, papagaio, periquito… É osso, músculo, monta e desmonta. É fisiologia, patologia, projetos, bovinocultura, equideocultura, imunologia e mais alguns.

É dia, tarde e noite.

É com prazer, com amor… Só que eu acho que tá faltando alguma coisa…

Eu pude ver o desejo bem ali, mas você tentava disfarçar… Não vou mais  perguntar.

Se não quer, então vá…

Já foi, já fomos, não fomos… nem tentamos, apenas desejamos e depois guardamos. Guardei, guardou. ACABOU.

Dancei, dancei… Olhei e dancei

Lancei, dancei, troquei.

Não sei.

Melancolia e carência

saudade e falta de malemolência

esqueceu de viver com  a alma, com amor, com coração…

tô cuma sôdade de um chêro…

de um abraço, de um apego…

arruma um cantinho na cama e outro no coração…

A gente rola na cama, rola no chão…

Num se encabule não, que mainha num escuta não… a gente faz quietinho, sem dar nenhum piozinho, mas eu quero no edredon!

Você me pega de jeitinho, me bota de ladinho, e  eu vou sentindo cada pedacinho… e gostosinho, gostosinho a gente faz do chão o nosso ninho de paixão.